29
Ago 12

Capítulo 11

Desaparecido

Lizzie puxou-me pelo braço até à porta da cozinha.

- Lizzie, o que se passa? Estás muito nervosa. Estás bem?

- Perdoa-me. Eu não queria estragar a festa, mas tenho de te contar.

- Lizzie, estás a deixar-me nervosa. O que se passa?

- O teu irmão...

- O que tem o Seth? Lizzie, tu não... Por favor, diz-me que não o convidaste!

- Não! Quer dizer... eu pensei em fazê-lo, mas não cheguei a falar com ele.

- Sim e... Ah Lizzie, desembucha!

- E não consegui falar com ele!

- E ainda bem! Onde é que estavas com a cabeça? Ele nunca seria a favor... Ele nem gosta do Rob! E além disso, sabes muito bem porque é que eu deixei de falar com ele! Não esperava isto de ti, Lizzie!

- Anna, não estás a entender! Eu só queria...

- Estou farta, que me tentem ajudar, sabes? Estou farta...

Virei-lhe as costas, saindo em direcção ao meu quarto. Como é que ela foi capaz de fazer isto, nas minhas costas? Ela sabe o que ele me fez e mesmo assim... A minha cabeça latejava. Lizzie acabava de me estragar a festa e nem tínhamos chegado a anunciar o noivado.

Rob tinha deixado um maço de tabaco aberto em cima da cómoda. Eu estava demasiado nervosa e decidi fumar um cigarro, mesmo que não o fizesse há mais de 10anos.

Apoiei-me no gradeamento da varanda, acendendo o cigarro e entregando-me aos meus pensamentos.

Ao fim de algum tempo, senti-me observada, mas não me voltei. Ainda não queria falar com ninguém. Estava demasiado magoada com Lizzie e precisava de estar sozinha.

- Posso saber o que estás a fazer aqui sozinha, enquanto todos estão na sala?

Olhei por cima do ombro, ao reconhecer a voz e ele aproximou-se abraçando as minhas costas.

- Alex, o que estás aqui a fazer?

- Bem, que animação por me ver!

- Desculpa Alex, mas não estou nas melhores condições.

- Eu sei. Já deu para ver. Estás a fumar.

- É.

- E desde quando é que tu fumas, Anna?

Olhei para o cigarro e calquei-o no gradeamento, apagando-o. Voltei-me de frente para ele e abracei-o, ao mesmo tempo que sentia que algo dentro de mim se quebrava e desatei a chorar contra o seu peito.

- Como é que estás aqui? – Disse, assim que consegui parar de soluçar.

- Eu sei que disse que não vinha, mas era suposto ser uma surpresa. Foi ideia da Lizzy. Ela adora-te, sabias?

- Não sei se isso é mesmo assim... – Ele tinha acabado de tocar na ferida.

- Ora, a ideia não foi só dela! Sabes que o teu irmão tem andado a seguir os teus passos? Ele tem tentado entrar em contacto contigo...

- Pois, ele ligou para mim quando eu estava em Londres.

- E tu não quiseste falar com ele...

- E continuo a não querer...

- Ele esteve na galeria a semana passada.

- O quê?

- Eu não sabia quem ele era, mas comprou todos os teus quadros. E foi quando ele perguntou se eu achava que estavas bem, que eu percebi que só podia ser ele.

- E o que tentou saber mais?

- Mais nada. Foi uma conversa breve. Mas ele parecia preocupado. E o que a Lizzy estava a tentar dizer-te era...

- Eu sei o que ela queria dizer-me. Ela quer que eu faça as pazes com ele!

- Anna, o teu irmão desapareceu. Ninguém consegue contactá-lo, nem mesmo os sócios dele. Era isso que ela estava a tentar dizer-te...

- Não é possível! Eu não acredito que ele me esteja a fazer isto! Isto mostra tudo aquilo que ele sempre foi. – Eu estava histérica, entrei no quarto e comecei a andar de um lado para o outro. Aquele miserável está a tentar destruir a minha vida outra vez! Porque é que ele faz sempre isto comigo? Odeio-te Seth!

- Anna, pára! Olha para mim! Estás a falar do teu irmão! Eu sei o que ele te fez, mas isso não é motivo para falares assim dele. Ele estava a sofrer e agiu a quente naquela altura! Tens de entender...

- Eu não tenho de entender nada, Alex! E sabes porquê? Ele está a manipular-vos! Tu não sabes do que ele é capaz! Isto é o que ele faz na vida. Manipular as pessoas! Ele passou toda a vida dele, a tentar destruir a minha! E eu fui parva ao ponto de o desculpar, vezes e vezes sem conta. Mas agora chega! Eu não vou adiar nem desistir de mais nada por causa dele! – Eu continuava aos gritos e tremia com a raiva que estava a sentir.

- Acalma-te! – Alex agarrou-me pelos pulsos. – Ninguém está a pedir-te que desistas de nada! Estamos todos do teu lado, miúda! Só achámos que era importante que soubesses, mais nada. Estás a dar demasiada importância. Olha pra ti. Se ele não é assim tão importante para ti, lava a cara e volta para a sala. Pelo que eu sei, tens um noivado para anunciar, certo?

- Sim. Acho que sim.

- Como assim, achas? Qual é a dúvida?

- Não sei.

Alex olhou-me nos olhos e limpou uma lágrima do meu rosto.

- Anda lá. A Lizzy ficou na sala a tentar distrair o irmão, mas eles devem ter ouvido os gritos. E eu ainda não vi o meu sobrinho! Sabes, eu acabei de chegar de viagem e ainda só consegui ver-te chorar... – Alex fez uma cara de cachorro sem dono e eu tive de rir. O meu humor anda mesmo estranho. Tão depressa choro como desato à gargalhada.

- Desculpa Alex. Sou uma tonta! – Beijei-o no rosto. – Fizeste boa viagem?

- Sim. Preferia que não tivesse sido quase agredido à chegada, mas tudo bem. Eu depois vingo-me!

E, sem aviso, começou a fazer-me cócegas até eu implorar que parasse. Lavei a cara e, quando saímos do quarto, o assunto “Seth” estava praticamente esquecido.

publicado por Twihistorias às 21:49

2 comentários:
Isso me parece gravidez...ou ela é bipolar!
Marcela Thomé a 29 de Agosto de 2012 às 22:39

Isso me parece gravidez...ou ela é bipolar!
Marcela Thomé a 29 de Agosto de 2012 às 22:44

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
13
15
16

19
20
24
25

26
28


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

32 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O nosso facebook
facebook.com/twihistorias
Obrigatório visitar
summercullen.blogs.sapo.pt silvercullen.blogs.sapo.pt burymeinyourheart.blogs.sapo.pt debbieoliveiradiary.blogs.sapo.pt midnighthowl.blogs.sapo.pt blog-da-margarida.blogs.sapo.pt unbreakablelove.blogs.sapo.pt dailydreaming.blogs.sapo.pt/ http://twiwords.blogs.sapo.pt/
Contador
Free counter and web stats
blogs SAPO