22
Jul 12

Capítulo I – “Setenta e um dias”

Ponto de vista do Edward

Assim que desliguei o telemóvel  senti a responsabilidade do que tinha feito seria Charlie capaz disto. Procurar o corpo da filha no leito de um rio, ou pior, descobrir a entidade do assasino. Talvez seria a minha a locura a falar mas costumava assegurar-me que tudo ia correr bem pois iriamos encontra-la, sã e salva. E tudo então seria justificável, inclusivé esta crueldade.

Olhei para o relogío, oito da noite a hora em que Rosalie punha os gémeos na cama. Mas  esta era a minha vez de cuidar dos meus filhos. Se queria manter a minha sanidade mental  precisava dos meus filhos só eles me transmitiam calma mas também só eles importavam.

Sai do nosso quarto na ansia de encontrar os meus pequenos ainda despertos. Quando cheguei ao berçario nem queria acreditar no que via, parecia uma troca perturbante de papeis.

Emmett estava na cadeira de baloiço, onde Bella costumava estar com Liz ao colo e Rosalie estava toda babada a banhar o pequeno Anthony.  Tentei  ver as coisas com inocencia talvez fossem apenas extraordinários tios e não estivessem a viver uma fantasia há muito desejada.

Escondi-me atrás da porta numa tentativa de acalmar os meus nervos escutei com atenção o que todos diziam.

- Tiia a água está tão boa! – Comentava o meu encantador  filho, adorava a sua descontração

- Pois está meu amor. A tia tem muito cuidado para não magoar o meu leaozinho,

- Tiia o meu papá? – Perguntara-lhe Anthony

Preparei-me para colocar a juba que encontrei onde estava e rugir a minha entrada. Mas ouvi a seguinte resposta.

- O papá está no quarto muito tristinho e não quis vir mas os tios estão aqui.

Mas que raio? O pai está no quarto muito tristinho?! O pai estava só a fazer um telefonema. Que raio se passa aqui?! Estaria a Rosalie a fazer uma das suas psicologias baratas com o meu filho?

- Tá bem tiia mas ele vai me contar uma historia de dormir né? Eu adoro as histórias de dormir do pápa!

- Sim nós já vamos chama-lo.

Ok nada para me preocupar, a rose deve ter apenas pensado que eu estava mais abatido e que ia demorar mais do que o que tinhamos conbinado.  Virei a minha atenção para a princesa ao colo do Emmett a minha filha Elizabeth.

- Tio Em achas que o meu papá vai estar triste muito tempo – Disse ela claramente atenta á conversa da Rose.

- Não sei pequerrucha mas acho que não. – Sorriu-lhe – Ninguém consegue estar triste com uma princesa como tu a cirandar por ai.

Tranquilizou- a depois acariciou os seus caracóis ruivos e deu-lhe um beijinho na testa e disse:

- Mas também se o papá ficar muito triste, tu podes ir viver connosco. Alias a tia já está a fazer um  quarto …

- Emmett!! – Repreendeu Rosalie.

Que a barbie barata da rose planeie ficar com os meus filhos devido a uma qualquer incapacidade psicologica minha já eu sabia, e não havia nada de novo nessa repitição de pensamentos. Agora expressá-lo aos meus filhos é que eu não admtia.

Observei a expressão confusa da minha pequena e percebi estava na hora de entrar em acção.

Com o telemóvel no ouvido fiz a minha entrada teatral

- Sim senhor da televisão… estou a dizer-lhe que encontrei uma princesa e um leão na minha casa! A sério … Pois pois… Como é que eles são?  O leão tem uma grande juba e uns enormes olhos verdes. A princesa tem uns bonitos caracóis ruivos e um vestido rosa até aos pés…

O som das gargalhadas extasiadas dos meus fihos e os seus olhos a sairem quase das órbitas com tanta surpresa. Fizeram-me querer repetir a  proeza mais vezes.

- PAIIIIII – Gritaram

- Oh! Edward não sabiamos que estavas cá em casa… - Cruzou o olhar com Emmett preocupada com as coisas que tinha há pouco tinha proferido.

- Oh! Olá Emmett e Rosalie – Disse descontraidamente.

- Meninos que dizem de dizermos aos tios para voltarem mais tarde? – Disse olhando directamente para a Rosalie.

  - Sim!

- Adeus tia Rose e Tio Em, divirti-me muito hoje.

Despediu-se educadamente Elizabeth.

- Xau xau tia boneca re tio hulk.

Disse Anthony a brincar.

Assim que se retiraram virei-me para anthony e disse:

- Pingarelho não tens vergonha de estar todo nu?

- Paiii as miudas gostam!

- Seu grande maluco. Elizabeth não queres presentear –nos com a tua voz de ouro? Enquanto eu seco o descarado do teu mano.

Ela cantava muito bem para quem tem dois anos.

-  Pai estás triste? – Perguntou Anthony nervoso.

- Não meu querido o pai não está triste, mas ás vezes  fica preocupado só isso.

- Com a mommy? – Interveio Liz parando de

- Sim querida  - Respondi sinceramente

Vesti –lhe o pijama e disse para fazerem uma corrida até á cadeira das histórias. Ganhou a Liz.

Sentei-me e perguntei aos meus pequenos leitores o que queriam que eu lhes lesse. A escolhida  foi uma mistura de princesa ervilha e o pirata da perna de pau. Uma invenção dos meus filhos; juntar as duas narrativas e criar uma  história congruente, os entendidos chamam-lhe “mash up”.

Uma hora depois e com olhinhos ensonados os meus filhos declararam, sendo Anthony o porta-voz.

-  Papá eu e a mana temos uma coisa a contar, naquela tarde na floresta a mana e eu vimos uma pessoa ruiva, antes da mãe … sair… - Disse muito compenetrado – Mostra-lhe Liz

Elizabeth encostou a sua mãozinha peqenina á minha face e mostrou-me:

Uma cabeleira ruiva num vulto e a voz da minha Bella:

“Por  favor não lhes faças mal”

Ela estava a protege-los e eu apesar de saber e precisava saber de quem?

Agradeci aos meus filhos e prometi que ia ficar tudo bem.

Antes de os levar a cama pensei  se valeria a pena obrigar o Charlie a suportar aquele fardo, se calhar seria demais.

- Obrigar o avô Charlie a fazer o que? – Perguntou-me Anthony. Fiquei em choque mas tentei disfarçar.

- Desculpa querido não percebi?

- Pai eu acho que sou como tu. – Respondeu-me ele confiramando a existencia do seu poder telepático.

publicado por Twihistorias às 18:30

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

17
20

25

29
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

31 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O nosso facebook
facebook.com/twihistorias
Obrigatório visitar
summercullen.blogs.sapo.pt silvercullen.blogs.sapo.pt burymeinyourheart.blogs.sapo.pt debbieoliveiradiary.blogs.sapo.pt midnighthowl.blogs.sapo.pt blog-da-margarida.blogs.sapo.pt unbreakablelove.blogs.sapo.pt dailydreaming.blogs.sapo.pt/ http://twiwords.blogs.sapo.pt/
Contador
Free counter and web stats
blogs SAPO