02
Jul 10

Quando cheguei a casa não havia sinal de ninguém. Chamei, por todos mas ninguém me respondeu. Procurei Esme, na cozinha, os meus pais no seu quarto. Procurei a bolsa da tia Al, escusado será dizer que não estava em casa. Deduzi que tivessem ido comprar roupa e afins sem mim. Liguei ao pai para saber onde estavam mas ele não me atendeu. Passados alguns minutos ouvi a campainha tocar.

-Jacob? – Disse eu.

-Anda daí miúda. Foram todos ao shopping sem nós. A tua irmã pediu-me para ir ter com ela e eu passei aqui para te buscar.

-Esta bem. Que carro, ou devo dizer que lata velha trouxeste hoje?

-Não chames isso às minhas obras-primas, Gold. Sabes que elas são importantes para mim.

-Eu sei Jake. Hoje para variar, queres guiar algo rápido?

-Sim, é isso ou vamos a pé. Mas pudemos sempre levar o Ferrari da tua mamã, ou então o Mercedes da loira oxigenada.

-Não chames isso à tia Rose, Jake. Anda, vamos ver o que temos na garagem. E enquanto eu escolho o carro acho que devias escolher uma roupa do tio Emmett para vestir.

-Então? Eu é que escolho o carro. Leva-me ao quarto do Big.Guy e escolhe-me alguma coisa, sabes que eu sou “um fashion disaster” como diz a Alice. – Ri-me, Alice estava sempre a arranjar-lhe roupa de jeito, mas ele rasgava-a quando se transformava.

Levei-o até ao quarto da tia Rose e do tio Emmett. O quarto era grande e espaçoso. Tinha um guarda-vestidos que se prolongava pela parede toda. As prateleiras eram todas ocupadas pela maquilhagem da tia Rose, e os seus acessórios. A maior parte das coisas que ocupavam o quarto eram do tio Emmett. As mochilas para acampar, os sacos cama, os milhões de tendas, os pesos e os filmes preferidos dele e outros adereços para acampamentos. A tia Rose tinha um toucador parecido com os que as princesas usam nos filmes para crianças. O toucador tinha fotografias de quando ela conheceu o tio Emmett e tinha escrito a batom “I love you.” E como resposta ele tinha escrito com lama “I love you too, Rosalie Hale”.

Arranjei umas calças de ganga que a tia Alice guardava no armário do tio Emmett e depois fui buscar uma camisola ao quarto do tio Jasper e da tia Alice.

O quarto da tia Alice e do tio Jasper era bem diferente do da tia Rose e do tio Emmett. Era um quarto muito… original posso dizer. As paredes eram brancas e duas delas tinham desenhos de vestidos e roupas desenhadas pela tia Alice. Ao lado das janelas tinha a secretaria do tio Jasper, repleta de diários. Ele escrevia muito, estariam ali uns 100 anos de diários. O chão do quarto estava cheio de tecidos e fitas, por isso foi difícil chegar ao armário e tirar uma t-shirt do tio Jasper. Tirei a primeira t-shirt em que toquei para chegarmos mais rápido ao shopping.

-Toma Jake. Despacha-te, fico à tua espera na garagem.

Quando cheguei à garagem peguei nas chaves do Ferrari da mãe e esperei que o Jacob chegasse para o conduzir e sairmos dali.

-Então Gold que tal?

-Estas óptimo. Tenho um Ferrari, vamos lá?

-‘Bora miúda! – Disse ele saltando para o carro da mãe.

 

publicado por Twihistorias às 18:00

Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14




mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

32 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O nosso facebook
facebook.com/twihistorias
blogs SAPO